seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

Convertida em preventiva prisão de ladrão flagrado assistindo TV na casa da vítima

O juiz Alessandro Pereira Pacheco, juiz plantonista da comarca de Goiânia, converteu em preventiva a prisão em flagrante de Ralpher Neves. Ele furtou uma residência localizada no setor Bueno, no dia 10.

Consta dos autos que a vítima Roberta Milena, ao chegar em sua residência, viu a porta de entrada arrombada. Ela foi informada por vizinhos que ele estava no telhado da casa contígua e chamou a polícia. Ao chegar no local, os policiais o encontraram deitado na cama, assistindo filme.

Eles relataram que o acusado assou carne, comeu frutas e ainda tomou banho. Com ele, foram encontrados alguns objetos furtados da casa de Roberta, como uma bolsa de couro e notebooks.

O magistrado decidiu pela custódia preventiva por enteder que estavam presentes indícios de autoria, prova da materialidade do delito, além de levar em consideração a necessidade da garantia da ordem pública e da instrução processual. “O autor não possui o mínimo receio na prática do delitos que vem praticando, usando a residência das vítimas como se fosse a sua própria, o que, por si só, já demostra um desvio de personalidade capaz de trazer insegurança social”, destacou.

Compartihe

OUTRAS NOTÍCIAS

STJ reatroage modulação da tese do ICMS-ST na base de PIS/Cofins em 6 anos
Na denunciação da lide, é possível reconvenção do denunciado contra autor ou contra denunciante
Universidade deve indenizar ex-estudante pela demora na entrega de diploma de graduação