seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

Trabalho em condições semelhantes à escravidão persiste em pleno Século XXI

Mais de um século se passou desde a abolição da escravatura no Brasil, sem que essa prática tenha sido totalmente erradicada do país. É difícil acreditar que, em pleno século XXI, ainda existem pessoas que submetem seus semelhantes a condições análogas à de escravo. Se antes a escravidão se dava pelo não reconhecimento do escravo… Continuar lendo Trabalho em condições semelhantes à escravidão persiste em pleno Século XXI

Em 1826, escrava paraibana recorreu à Justiça para não ser vendida em praça pública

O Tribunal de Justiça da Paraíba participou da 7ª Primavera de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que teve a temática a memória e cultura afro-brasileira. O caso emblemático da ‘Preta  Gertrudes Maria’, escrava paraibana que recorreu à Justiça para não ser vendida em praça pública, como pagamento de uma dívida, foi o tema… Continuar lendo Em 1826, escrava paraibana recorreu à Justiça para não ser vendida em praça pública

Em 1826, escrava paraibana recorreu à Justiça para não ser vendida em praça pública

O Tribunal de Justiça da Paraíba participou da 7ª Primavera de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que teve a temática a memória e cultura afro-brasileira. O caso emblemático da ‘Preta  Gertrudes Maria’, escrava paraibana que recorreu à Justiça para não ser vendida em praça pública, como pagamento de uma dívida, foi o tema… Continuar lendo Em 1826, escrava paraibana recorreu à Justiça para não ser vendida em praça pública