seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

Consumidor induzido a erro por banco em contrato de cartão consignado será indenizado

Consumidor induzido a erro por banco, que pensou estar contratando empréstimo consignado, quando na verdade se tratava de cartão de crédito, será indenizado em R$ 5 mil por danos morais. Ele também será restituído pelos valores descontados indevidamente. Decisão é da 16ª câmara Cível do TJ/PR. O consumidor alegou que a instituição bancária não explicou… Continuar lendo Consumidor induzido a erro por banco em contrato de cartão consignado será indenizado

Banco é responsabilizado por induzir idosa a adquirir previdência privada

A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve condenação de um banco, que deve indenizar e ressarcir uma cliente idosa, com mais de 80 anos e portadora de Alzheimer, induzida a contratar plano de previdência privada a ser resgatado em 10 anos. O estabelecimento deverá declarar a inexistência de… Continuar lendo Banco é responsabilizado por induzir idosa a adquirir previdência privada

Empresa condenada a indenizar por induzir consumidor ao erro

Em decisão unânime, a 2ª Câmara Cível deu parcial provimento ao recurso interposto por R.B.T., inconformado com a sentença que julgou parcialmente procedente a ação que moveu contra um centro de formação. A empresa foi condenada a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 2.364,00 ao autor. Consta dos autos que o autor… Continuar lendo Empresa condenada a indenizar por induzir consumidor ao erro

Empresa deve indenizar por induzir consumidor a contratar serviço

Em decisão unânime, os desembargadores da 3ª Câmara Cível deram provimento a recurso interposto por M.G.O. contra sentença que julgou parcialmente procedente uma Ação Declaratória de Inexistência de Relação Jurídica com Indenização por Danos Materiais e Morais. O apelante ajuizou a ação contra uma empresa prestadora de serviços de internet após ser informado que foi… Continuar lendo Empresa deve indenizar por induzir consumidor a contratar serviço