seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

Advogada vegana ganha liberdade por falta de alimentação adequada em prisão

A detenta chegou a passar mal por só comer cenoura e quiabo.  Uma advogada presa provisoriamente sob suspeita de integrar uma quadrilha envolvida em lavagem de dinheiro e jogos de azar conseguiu na Justiça de Goiás sua liberdade provisória. A decisão baseou-se na dieta da detenta, que é vegana (não consome nenhum alimento de origem… Continuar lendo Advogada vegana ganha liberdade por falta de alimentação adequada em prisão