No Banner to display

Notícias Gerais

- Atualizado em

Compra de carros usados: quais os documentos veiculares necessários e quais cuidados tomar?

O setor de vendas de carros usados fechou 2020 em alta. De acordo com dados da Fenauto (Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores), em dezembro o volume de vendas de carros usados foi 13,1% em comparação com o mesmo período do ano anterior. 

Apenas em dezembro de 2020, mais de 72 mil veículos usados foram vendidos em todo o Brasil. Em novembro do ano passado, o aumento foi de 23,6% com mais de 1,5 milhão de automóveis usados comercializados no país. 

Se você não quer realizar o financiamento de um carro novo, comprar um veículo usado se torna uma boa opção. Porém, na hora da compra é preciso se atentar a certos detalhes importantes sobre o estado e a documentação do veículo. 

Separamos algumas dicas que podem lhe ajudar na realização desse processo, confira abaixo:

Faça um test drive 

O test drive é uma prática bastante comum na compra de carros 0 km, então porque não o fazer na compra de um carro usado? Peça ao vendedor para que ele o acompanhe no test drive do veículo. 

Esses carros já possuem uma rodagem maior, provavelmente já passaram por algumas revisões, por isso é importante que o motorista “sinta” o carro antes de comprá-lo. Um motorista experiente consegue identificar alguns problemas no veículo no test drive e isso pode te livrar de “furadas”. 

Faça a vistoria do veículo com um mecânico de sua confiança 

Uma dica importante é fazer uma vistoria no veículo antes de fechar a compra. Para isso, a dica é que você visite revendedoras e feiras de automóveis com a presença de um mecânico da sua confiança. 

Dessa forma, o mecânico pode fazer uma avaliação inicial na hora para dar um parecer sobre o veículo. E claro, dependendo do revendedor também será possível realizar uma vistoria mais detalhada para que o mecânico possa olhar o carro com mais atenção e atestar as condições reais do veículo. 

Essa é uma forma de evitar cair em “furadas”. Muitos carros usados passam por uma “maquiagem” para serem postos à venda. Com isso, o carro pode parecer estar funcionando bem na hora da compra, mas após algumas semanas ou meses, os primeiros problemas começam a aparecer. 

Consulte a condição do veículo no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) 

Se você se interessou pelo veículo, você deve acessar as informações sobre o veículo no Detran antes da compra. As informações são públicas, então qualquer um pode acessá-las. 

Com a placa e o número do Renavam do veículo, você consegue ter acesso ao Nada Consta, documento que mostra se o carro possui multas, além de ter acesso a outras pendências como atraso no pagamento de IPVA (Imposto sobre a propriedade de veículos automotores) e do licenciamento do veículo. 

Muitos veículos usados possuem kit GNV e com isso, é preciso verificar a documentação do GNV. Peça para que o vendedor lhe passe as informações sobre o CSV (Certificado de Segurança Veicular), esse documento pode atestar que a revisão e o reteste do kit GNV estão em dia.

Verifique o número do chassi do veículo

Outro ponto importante é verificar o número do chassi do veículo. Essa é uma forma de identificar o veículo se o veículo não sofreu nenhum tipo de adulteração ou sinistro. Verificar o chassi é importante para ver se o número registrado é o mesmo que consta na documentação do veículo. As informações do Detran são públicas, por isso é possível fazer a verificação do chassi gratuitamente. 

Estes são alguns dos principais documentos e cuidados que você precisa tomar na hora de comprar um veículo usado. Essa é uma forma de realizar a compra com segurança e garantir que você não terá problemas posteriores com o veículo. 

 

Fonte: Barbara Guides

No Banner to display

Comentários