seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

Ambiente externo e interno: universo de possibilidades

A elaboração de um planejamento estratégico, de forma geral, leva em consideração fatos, eventos, forças, fraquezas e ameaças com base no procedimento SWOT (diagnóstico estratégico da empresa no meio em que está implantada), a partir de dados da empresa, do mercado ou indicadores estatísticos. Neste caso, os fatores ambientais naturais e antrópicos que interferem nas decisões, escolhas, produtividade e no bem-estar das pessoas não são considerados.

A elaboração de um planejamento estratégico, de forma geral, leva em consideração fatos, eventos, forças, fraquezas e ameaças com base no procedimento SWOT (diagnóstico estratégico da empresa no meio em que está implantada), a partir de dados da empresa, do mercado ou indicadores estatísticos. Neste caso, os fatores ambientais naturais e antrópicos que interferem nas decisões, escolhas, produtividade e no bem-estar das pessoas não são considerados.

A execução deste planejamento sofre, muitas vezes, alguns percalços, que acabam abalando o seu desenvolvimento. Problemas inesperados podem se originar a partir destes fatores ambientais ignorados no plano inicial.

A energia do ambiente, segundo a biociência, mantém as coligações atômicas e moleculares de todos os elementos do ambiente e mantém o fluxo sistêmico da vida de todas as espécies. Constitui um fator sutil, porém determinante para os acontecimentos devido a esta correlação.

Considerando que tudo é energia, inclusive as possibilidades em relação ao que se quer, fica claro que esta energia está disponível no “meio” para todos. A questão, então, é como atraí-la.

Exemplificando, imaginemos uma caixa enorme, com dimensões similares as de uma casa abarrotada de bolinhas de tênis de mesa, de todas as cores. Suponhamos que as bolinhas azuis são as de mesma frequência dos nossos propósitos. Se conseguirmos atrair todas as bolinhas azuis ou a grande maioria delas, o nosso objetivo estará concretizado.

Fica claro que as oportunidades e possibilidades relativas ao propósito do negócio estão contidas no ecossistema da empresa, o seu ambiente interno e o externo, em forma de energia, a mercê de uma força ressonante que as atraia. Esta força de atração é o padrão de energia – que é gerado por meio da Reprogramação Quântica do Ambiente Básico.

Portanto, um planejamento estratégico somado a um padrão de energia que gera a atração de oportunidades do universo de possibilidades, formam as condições propícias para o desenvolvimento do negócio.

Compartihe

OUTRAS NOTÍCIAS

Dano moral coletivo: Tratamento inadequado a idosos e gestantes merece punição pedagógica
Devedor solidário que paga dívida sozinho pode assumir lugar do credor na execução
TJ/SP: Financeira deve readequar juros excessivos em contrato de carro