No Banner to display

- Atualizado em

Estado de sítio

O Ministério Público do Rio ficou pianinho diante do “comprovante de residência” exigido de quem mora próximo ao Hotel Windsor, durante o leilão de Libra, e evitou falar sobre a “tese” do direito (suspenso) de ir e vir, como num Estado de Sítio. O Exército negou ter feito isso. Mas fez.

No Banner to display

Comentários