No Banner to display

- Atualizado em

Todos os países latino-americanos foram espionados

O jornalista americano, Glenn Greenwald, disse que “todos os países latino-americanos foram objeto de espionagem por parte dos Estados Unidos”. Greenwald participou, por videoconferência, da 69ª Assembleia da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) e explicou que obteve as informações do ex-espião da Agência de Segurança Nacional americana (NSA). De acordo com o jornalista, “muitos líderes latino-americanos” e “conversas sobre tratados de livre-comércio” foram interceptados pela NSA.
A denúncia veio à tona logo após depois da confirmação de que os EUA espionaram a França. De acordo com a imprensa local, a NSA interceptou mais de 70 milhões de telefonemas envolvendo políticos e o alto escalão do governo de 10 de dezembro de 2012 a 8 de janeiro de 2013.
O presidente dos EUA, Barack Obama, chegou a telefonar para o primeiro-ministro francês, François Hollande, para expressar sua “profunda reprovação”. Hollande disse que a atitude dos americanos, tidos como aliados, é “inaceitável”.

No Banner to display

Comentários