seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

STJ: Bem de família pode ser penhorado para pagar dívida de reforma

A 3ª turma do STJ manteve decisão que possibilitou a penhora de imóvel, único bem e no qual consumidora reside há mais de 18 anos, para pagamento de dívida de contrato de prestação de serviços para reforma em edificação residencial. O colegiado negou provimento a recurso especial da consumidora.

A decisão recorrida, do TJ/RJ, fixou que a situação se enquadra à regra de exceção à impenhorabilidade do bem de família prevista no art. 3º, IV, da lei 8.009/90.

A consumidora alegou no STJ que tanto a lei quanto decisão recente proferida pelo STJ são claras no sentido de que a impenhorabilidade não é oponível quando o crédito for decorrente do financiamento destinando à aquisição ou construção do imóvel, estendida a interpretação, às vezes, para benfeitorias de reforma predial necessárias a própria utilização do bem, circunstância, que não se verifica.

Ministra Nancy, relatora, ressaltou precedentes das turmas de Direito Privado que se referem à construção do imóvel. Assim, a ministra sugeriu aplicar o mesmo entendimento à reforma no imóvel.

“O bem responde nos termos da lei”, concluiu.

Diante disso, negou provimento ao recurso especial. A decisão foi unânime.

Processo: REsp 2.082.860

link: https://www.migalhas.com.br/quentes/401599/stj-bem-de-familia-pode-ser-penhorado-para-pagar-divida-de-reforma

Foto: divulgação da Web

Compartihe

OUTRAS NOTÍCIAS

Juiz derruba exame criminológico da lei das saidinhas e concede progressão de regime
União Estável em 2024: Tudo o que você precisa saber para comprovar sua relação
Teto remuneratório incide de forma isolada sobre cada remuneração, decide TRF1