seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

Torcedor que atirou caneta em campo vai ficar afastado da Arena Joinville por 6 jogos

Um comerciante lageano de 40 anos, de passagem pela cidade de Joinville no último final de semana, precisou entender-se com o programa Justiça Presente (JP) para evitar a abertura de ação penal por ato de menor potencial ofensivo.

Ele assistia ao jogo entre Joinville e Internacional-RS e atirou uma caneta esferográfica ao gramado, após revoltar-se com uma marcação da arbitragem. Seu ato foi flagrado por outros torcedores e ele acabou encaminhado ao JP.

Arrependido, conforme depoimento, aceitou transação penal no sentido de abster-se de acompanhar os próximos seis jogos do JEC pelo Campeonato Brasileiro – Série A. A proposta alternativa foi lançada pelo promotor Sérgio Ricardo Rosling e homologada pelo juiz Gustavo Marcos de Farias, que comandava o Justiça Presente na oportunidade.

Compartihe

OUTRAS NOTÍCIAS

O sócio que deixou a empresa de forma regular não está sujeito à execução
STJ absolve homem acusado de furtar duas galinhas em 2014
Distrito Federal deve indenizar gestante por sucessivos erros médicos