seu conteúdo no nosso portal

Nossas redes sociais

STF defere pedido de extradição de espanhol acusado de tráfico de drogas

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu, por unanimidade, o pedido de Extradição (EXT) 1352, formulado pelo governo da Espanha contra seu cidadão Luis Fernández Rodriguez, preso preventivamente em Santarém (PA) e acusado naquele país do crime de tráfico internacional de tráfico de drogas, após a apreensão de quase uma tonelada de cocaína.
A defesa do extraditando alegou que ele teria constituído família no Brasil, entretanto, o relator do processo, ministro Luís Roberto Barroso, aplicou ao caso a Súmula 421 do STF. “Não impede a extradição a circunstância de ser o extraditando casado com brasileira ou ter filho brasileiro”, segundo prevê o enunciado.
Assim, com base no tratado de extradição firmado entre o Brasil e a Espanha, promulgado pelo Decreto 99.340/1990, o ministro votou pelo deferimento do pedido, sendo acompanhado pelos demais ministros da Primeira Turma.
O ministro Luís Roberto Barroso ressaltou que a entrega do extraditando fica condicionada, por parte da Espanha, ao compromisso previsto no artigo 91 do Estatuto do Estrangeiro (Lei 6.815/1980), que consiste em subtrair de eventual pena o tempo de prisão preventiva para extradição. Destacou também que a extradição deve ser efetivada após o cumprimento de pena por crime diverso cometido no Brasil, “exceto se houver decisão pela conveniência do interesse nacional na expulsão do estrangeiro”.

Compartihe

OUTRAS NOTÍCIAS

Julgamento de casos de violência contra a mulher vem crescendo nos últimos anos
Imóvel do casal deve ser dividido mesmo que comprado por apenas um dos cônjuges
Detran deve indenizar motorista por atraso na emissão de CNH